O compositor inglês Douglas Dare regressou aos discos em fevereiro de 2020 com o álbum Milkteeth [editado pela Erased Tapes]. Cada vez mais confiante e confortável com a sua identidade, Douglas Dare criou em Milkteeth o seu disco mais íntimo onde nos confessa de uma forma minimal todas as alegrias e tristezas de uma juventude.

Alguns dos momentos especiais da sua ainda curta carreira:

– em 2017, foi convidado a fazer uma reinterpretação do tema Dance Me To The End Of Love para a exposição sobre Leonard Cohen A Crack In Everything no Contemporary Art Museum of Montréal;

– exposição que atualmente está em exibição no The Jewish Museum em Nova Iorque (antes de estar disponível, em setembro de 2020, no Contemporary Jewish Museum em San Francisco);

– em 2018, foi convidado pelo músico/compositor Robert Smith da banda The Cure, para atuar no Meltdown Festival no Southbank Centre,

– em 2019, foi convidado pelo realizador/compositor David Lynch, para atuar no Manchester International Festival em conjunto com a Anna Calvi.

– este ano fez uma tour de 4 datas em Portugal em maio, sendo o primeiro artista internacional a visitar o nosso país para realizar concertos, desde o primeiro confinamento em março de 2020. Vila Real, Guarda, Portalegre e Ílhavo foram as cidades que receberam o artista a solo.

Discografia:
Whelm (2014)
Aforger (2016)
Milkteeth (2020)

Datas dos concertos em Portugal
18 de março de 2022 | Mouco [Porto] 21:30
19 de março de 2022 | Theatro  Circo [Braga] 21:30
20 de março de 2022 | Salão Brazil [Coimbra] | 21:30
21 de março de 2022 | Musicbox [Lisboa] | 22:30