Logo

DD Peartree

DD Peartree
Artista
Redes Sociais:

DD Peartree é o alter-ego musical do luso-irlandês Dieter Pereira que tem vivido entre a ilha da Madeira, Portugal Continental, a Austrália e a Noruega. Começou a sua carreira na Madeira em 2008 e durante 2 anos foi um dos nomes mais dinâmicos no circuito de música ao vivo da ilha, valendo-lhe presença assídua em rádios regionais e culminando com a oportunidade abrir o concerto dos Hands On Approach no Antena 3 On Tour em Santana, e uma participação no KoolFest 2009 no Funchal com Terrakota e Mundo Secreto. Em 2009 iniciou a gravação de 11 canções, dividindo sessões entre o Paulo Ferraz Studio no Funchal e o AMP Studio em Viana do Castelo, sempre sob a orientação do produtor Paulo Miranda.
Mudou-se para Lisboa em 2010, onde lançou um EP homónimo de 4 faixas, ainda guiado por Paulo Miranda, sendo que uma das canções que o integrava - "The Love I Used to Love" - levou-o a ser considerado Novo Talento FNAC 2010. Tocou nessa altura um pouco por todo o território continental, desde showcases nas lojas FNAC, concertos como no Theatro Bar em Tomar, no Music Box e Fábrica Braço de Prata em Lisboa, e em festivais como o Olá Bluesoul 2011 em Caminha. Marcou presença na Antena 3 nacional através do Henrique Amaro, cantou em direto na Super FM e foi convidado a participar no Concurso/Festival Termómetro de Fernando Alvim em 2011, partilhando a eliminatória com Richie Campbell.
Em 2012 mudou-se para a Noruega e daí lançou o seu álbum de estreia intitulado "twists&turns". O álbum, editado pela extinta meteorsongs, é composto pelas gravações realizadas em Portugal acrescidas de um single - "Big Little Things" - produzido e gravado pelo Marius Kristiansen nos estúdios Sparkle Sound Studio, em Sofiemyr. Este tema foi o primeiro avanço do álbum, recebendo boas críticas e abrindo portas a uma série de presenças radiofónicas, de onde se destacam os programas "Skuma Kultur" e "Nova Nedstrippa" da Rádio Nova (Oslo). DD Peartree foi um dos vencedores do concurso "Don't Stop Believing" promovido pela referida rádio, com uma interpretação em direto do clássico dos Journey, o que lhe valeu a inclusão na edição da uma colectânea editada pela Rádio Nova Records. Seguiram-se 2 anos onde actuou um pouco por toda a Noruega. Foi também convidado a actuar no "Sørveiv" em Kristiansand, um festival da indústria musical, e participou no Festival da Nova Nedstrippa partilhando o palco com The Mommyheads (US) e The Kabeedies (UK).
Em 2015 voltou para a Madeira, onde atuou no festival "Fica na Cidade" e na feira "Cidade do Empreendedor", no Funchal. Lançou o tema "My Song is Gone" produzido e gravado em casa, que viria a ser incluído numa coletânea do festival nacional itinerante de one man bands "Um ao Molhe" (no qual também participou com concertos em 2015 e 2017, ambos no Funchal). Fez-se novamente aos palcos da região, com concertos no Barreirinha Bar Café e 1418 Culture Bar, Festival do Atlântico e Feira do Livro do Funchal.
Em 2017 rumou à Austrália, atuando ocasionalmente na zona das Northern Beaches em Sydney. Ao longo de 8 meses escreveu e fez maquetas de dezenas de canções. Regressou a Portugal em 2018 onde reencontrou Paulo Miranda no AMP Studio em Viana do Castelo e registou 3 dos muitos temas que trazia na bagagem. Lançou através da Giggermusic o single "dreamer disease" em Janeiro de 2019, seguido de "west coast" em Junho. Os temas (e respectivos videoclips) foram bem recebidos nas redes sociais e rádios nacionais, com destaque para os programas "Olhar a Lua" da Antena 2, "Santos da Casa" da RUC e "Sinfonias de Aço" da Rádio Barcelos. As principais emissoras regionais na Madeira - Antena 3, Rádio Clube e RJM - contam com os temas nas suas playlists. A convite da Câmara Municipal do Funchal gravou uma versão ao vivo da canção "west coast" no Teatro Municipal Baltazar Dias no Funchal para inclusão no documentário "Palco dos Afectos" entretanto emitido em TV e editado em DVD. Ainda nesse ano, teve concertos em Lisboa no Camones Cine Bar e atuou em duas edições do Sofar Sounds Lisbon. Abriu para Marta Ren & The Groovelvets num regresso à Madeira e ao festival "Fica na Cidade" e voltou também à Noruega para uma tournée de 4 datas em Julho por Oslo e Akkerhaugen. Gravou em Setembro uma versão de "west coast" nas ruas de Lisboa para a produtora espanhola Calle Sonora.
Mais recentemente lançou "caveat", um tema emotivo sobre ausência e aceitação de circunstâncias adversas. A canção fecha a trilogia de canções gravadas no regresso a Portugal e conta com um videoclipe produzido pela Vinco Films e realizado pelo Saul Caires. Em formato curta metragem, o vídeo utiliza uma pequena narrativa, atmosférica e estilizada, em que o protagonista, representado pelo artista António Pascal, batalha como a lacuna provocada pela ausência de alguém. DD Peartree está agora em pré-produção para um novo álbum apontado para este ano de 2021.

Post Image

DD Peartree | Novo single “Caveat” disponível em todas as plataformas

Currently, we have no future events.