Este tem sido realmente um ano cheio de surpresas por parte da cantora/compositora, Viviane!

Depois de editar em junho o single Quando tiveres tempo (em jeito de música apropriada às festas e bailes que não podemos fazer este ano), há uma semana o tema Oh! meu pequeno país (com letra sobre e dedicada a Portugal), chega-nos a notícia de que Viviane foi um dos autores convidados para a edição de 2021 do Festival da Canção.

Tendo em conta que Viviane apenas veio em adolescente para Portugal, decidimos saber quais as memórias que tem do Festival da Canção neste caso francês “como passei a minha infância em França e parte da adolescência, recordo-me de duas canções em particular, uma era “L´enfant et l´oiseau” da cantora Luso francesa Marie Myriam que ganhou o Festival em 1977. A outra é a canção “Humanahum” que tinha um tema pacifista e que representou a França em 1981.”

E será que Viviane pensou em concorrer alguma vez ao Festival da Canção? “não, nunca pensei em concorrer ao Festival da Canção”. Contudo, a cantora e compositora recebeu com muito agrado o convite que lhe foi endereçado este ano.

E este novo tema a ser apresentado no Festival da Canção 2021, já tem nome? O que nos pode ser dito sobre ele? Viviane apenas diz que “acho que é uma música que fica no ouvido e espero que ela chegue o mais longe possível.” Vamos ter que aguardar mais uns meses para ouvir esta nova canção!

Viviane

A celebrar quinze anos de carreira a solo, Viviane é considerada a pioneira do estilo musical Fado Mediterrânico: fusão entre as sonoridades do fado com a guitarra portuguesa e a “chanson française” com o acordeão à qual se juntam o contrabaixo, as percussões e teclados.

Foi co-fundadora da banda Entre Aspas e do projeto Camaleão Azul. Integrou os projetos Linha da Frente e Rua da Saudade e participou em inúmeros discos de artistas nacionais.

No final de 2017 editou o disco Viviane canta Piaf, uma homenagem à cantora francesa Edith Piaf.